Arquivo da tag: Abril

Marina Silva, a Solução. (Post Especial)

Apesar de ser uma figura controversa, Marina Silva é a candidata ideal – em termos pragmáticos – para o Brasil em 2018. Para Mises, em seu trabalho ‘Liberalismo Segundo a Tradição Clássica’, o liberal preza, antes de tudo, pela paz e pela ordem social. Sem a existência destes dois requisitos, o desenvolvimento social e institucional é insustentável e impossível. Não há como produzir riquezas em uma nação que constantemente é interrompida por conflitos civis e guerras ideológicas.

O Brasil atual, vive em um cenário político lastimável, onde os representantes da direita conservadora e os da esquerda socialista ameaçam aumentar ainda mais o tamanho do Leviatã – que já é enorme – para consolidar seus respectivos projetos de poder (e não de futuro). Afirmam estes que só mais intervencionismo poderá solucionar problemas que o próprio intervencionismo passado gerou. Os da direita conservadora são ainda mais perigosos, pois pessoas como o Bolsonaro, a fim de atenderem uma “fatia do mercado” político que se torna cada vez mais aberto às ideias liberais, adotam um discurso de livre-mercado e defesa da iniciativa privada, quando na verdade, suas políticas anteriores e atuais mostram justamente o contrário. Oportunismo é a palavra certa que definem estes estatistas que chegaram a enganar até mesmo libertários como Paulo Kogos.

a2d634f0-118f-408d-a60d-b9cadc7e8c58

Diante de todos estes perigos à liberdade, a página Engenheiros Libertários, em decisão comum, decidiu abertamente apoiar Marina Silva em sua candidatura para 2018, pois acreditamos que ela é a única possível para idealizar um Brasil mais aberto, livre e pragmático.

Marina Silva representa uma nova forma de governar. Ela não governa com apaniguados e nem sob influência de indicações políticas. Sua proposta de governo pretende ouvir o lado bom de cada administração a fim de contornar a crise e dirimir os efeitos nefastos das políticas anteriores. Não é a toa que o jornal britânico The Guardian elegeu Marina Silva como uma das 50 personalidades capazes de salvar o planeta. Em seus discursos, Marina Silva defendeu que o eleitor é o real agente político que governa, em outras palavras, trata-se de uma candidata mais aberta ao próprio conceito de individualismo.

Por fim, se você tivesse que escolher entre ser governado por Hitler, ou por Satã, a resposta seria óbvia para todos nós. Por isso defendemos Marina em 2018! O Brasil libertário precisa dela!

Ah, claro, feliz 1º de Abril.

1-abril-dia-da-mentira

Anúncios